Suporte técnico em exames e tratamento para pacientes do Hospital Infantil Darcy Vargas
Hospital Israelita Albert Einstein

Suporte técnico em exames e tratamento para pacientes do Hospital Infantil Darcy Vargas
Darcy Vargas
2018-2020

Hospital Israelita Albert Einstein
Resumo

Entre as atuais características do Sistema Único de Saúde (SUS), destaca-se uma significativa carência por serviços especializados que atendam casos de média e alta complexidade com eficiência e rapidez. Com o intuito de colaborar com o combate a essa adversidade e facilitar a acessibilidade desse tipo de paciente, este projeto se propôs a apoiar o Hospital Infantil Darcy Vargas (HIDV) no processo de atendimento médico-hospitalar. A preocupação em oferecer assistência de boa qualidade, assim como trabalhar para a inserção de usuários da rede pública, em situação de vulnerabilidade social e financeira foi uma constante. A prestação de serviços ambulatoriais e hospitalares priorizou a otimização do uso de recursos em saúde, de forma a auxiliar o fortalecimento das ações do SUS.
A proposta foi apoiar o HIDV e conveniados ao SUS no processo de atendimento médico-hospitalar, garantindo acesso a um serviço de excelência, de modo a prevenir agravos à saúde e contribuir na prevenção de doenças. Consequentemente, essa atuação diminuiu o tempo de espera para procedimentos clínicos necessários, compreendendo diagnóstico, tratamento e reabilitação. Foram disponibilizados quatro avaliações de pet scan, 12 exames de ressonância magnética, duas radioterapias e 15 anatomopatológicos ao mês. Esta iniciativa foi encerrada em 30 de abril de 2018.
Foram ofertados exames e tratamentos ambulatoriais de boa qualidade a pacientes, aprovados pela equipe multiprofissional, com rotina de atendimento no HIDV; e avaliadas todas as solicitações e análises dos casos enviados por essa instituição, assegurando a efetiva assistência aos pacientes com dificuldade de acesso a procedimentos médicos, prevenindo e controlando doenças.
As solicitações encaminhadas pelo HIDV foram analisadas e acompanhadas pelo serviço social e equipe multiprofissional do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Os casos admitidos seguiram orientações aos procedimentos e rotina de atendimento institucional (externo e ambulatorial).
Foram beneficiados os pacientes em situação de vulnerabilidade social e financeira, atendidos pelo HIDV, cujas doenças envolviam graus de média e alta complexidade.
Os envolvidos no projeto foram a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP), como regulador das vagas e a área de serviço social, médicos e equipe multiprofissional do HIAE.



Introdução


Métodos


Resultados


Liderança


Equipe


Colaboração


Área Técnica


INDICADORES

CONHEÇA OUTROS PROJETOS
Processando