Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial: projetos do PROADI-SUS promovem o autocuidado e a prevenção de eventos cardiovasculares

Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial: projetos do PROADI-SUS promovem o autocuidado e a prevenção de eventos cardiovasculares Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial: projetos do PROADI-SUS promovem o autocuidado e a prevenção de eventos cardiovasculares

No dia 26 de abril é comemorado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. A data foi criada para conscientizar a população sobre a importância de prevenir e tratar essa condição, que é um fator de risco para outras doenças, como o diabetes e o acidente vascular cerebral (AVC). 

No Brasil, estima-se que 33% da população adulta seja hipertensa. Considerando-se apenas os que estão acima dos 60 anos, este percentual é ainda maior: cerca de 65%, segundo dados da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp). Normalmente, os sintomas aparecem quando há um aumento expressivo da pressão do paciente, entretanto algumas pessoas também podem apresentar sinais como dor no peito, dor de cabeça, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada, sangramento nasal e tonturas. 

Para contribuir com a qualidade de vida dessa população e atuar na prevenção e tratamento da hipertensão arterial, são desenvolvidos alguns projetos por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), em parceria com o Ministério da Saúde. São eles: o estudo Optimal Diabetes, liderado pelo Hospital Israelita Albert Einstein, o projeto PROMOTE AVC e o estudo TRIDENT, conduzido pelo Hospital Moinhos de Vento e o projeto colaborativo Coração Bem Cuidado, entre o Hospital Moinhos de Vento e o Hcor.

O OPTIMAL-DIABETES, maior estudo clínico randomizado do mundo neste tema, compara dois níveis de pressão arterial sistólica em pacientes hipertensos e diabéticos para avaliar se o nível de pressão mais baixo (< 120 mmHg) reduz a incidência de eventos cardiovasculares - como morte por causas cardiovasculares, infarto, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca - comparado ao nível de pressão atualmente recomendado (< 140 mmHg).

O estudo PROMOTE é um projeto que visa avaliar se o uso de uma polipílula com a combinação de medicamentos para controlar a pressão e o colesterol, associada à mudança de estilo de vida por meio do aplicativo Riscômetro de AVC podem reduzir o risco de casos de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e declínio cognitivo. Assim como, reduzir a taxa de demência em pessoas de 50 a 75 anos com baixo e moderado risco de doenças cardiovasculares.

O projeto TRIDENT (sigla em inglês para "Estudo da Terapia Tripla para Prevenção de Eventos Recorrentes de Doença Cerebral Intraparenquimatosa"), é um estudo internacional coordenado pelo The George Institute for Global Health, na Austrália, e é considerado um dos maiores estudos de prevenção secundária de Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico do mundo. Com o objetivo de fornecer evidências do impacto do tratamento a nível global, é investigada a combinação de medicamentos anti-hipertensivos em uma única pílula para a diminuição da recorrência do AVC hemorrágico, uma das formas mais graves e incapacitantes, responsável por 10% das reincidências de AVC no mundo. 

Já o estudo Coração Bem Cuidado visa avaliar a eficácia, a factibilidade e a efetividade da promoção do autocuidado, utilizando uma estratégia multifacetada para pacientes com insuficiência cardíaca. O projeto é um ensaio clínico de fase II, randomizado, multicêntrico, nacional, feito em pacientes cardíacos de qualquer etiologia e fração de ejeção intermediária e reduzida com alto risco de hospitalização. Estes pacientes serão alocados para um dos seguintes grupos: controle (cuidado ambulatorial usual) ou experimental (telemonitoramento, baseado em mensagens por SMS, lembretes sobre medicações, monitoramento de peso/sintomas de descompensação e conteúdos educativos sobre a doença).  Confira mais informações sobre os projetos no nosso portal: https://proadi-sus.org.br/projetos



Assine a Newsletter_