Voltar

NOTÍCIAS

14.11.2019 - Editado em 18.11.2019 - Compartilhar:
Curso gratuito já formou mais de 270 técnicos de enfermagem no Rio Grande do Sul
“Essa é a realização de um sonho que talvez eu não conseguisse alcançar sozinha." As palavras da então estudante e recém graduada Glória Soares, 22 anos, resumem o sentimento dos alunos da 10ª turma do curso de Técnico em Enfermagem para moradores da Restinga e do Extremo-Sul de Porto Alegre (RS), promovido pelo Hospital Moinhos de Vento em parceria com o Programa de Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS). A formatura, realizada na noite de quinta-feira (14), marcou o início de uma nova caminhada para 38 profissionais da área da saúde.

Para Glória, mais do que uma carreira, o curso representa a transformação de uma vida. “Eu estava procurando emprego quando surgiu essa oportunidade. Trabalhar com a saúde sempre foi um sonho. Agora, tenho uma profissão e vou poder fazer aquilo que eu gosto: cuidar das pessoas”, disse, ao cair em lágrimas, a caçula de quatro irmãos. Dois deles estavam na solenidade: o mais velho, Luiz, e a do meio, Edina. “A conquista dela é restauradora. Esse canudo também é nosso”, comemorou a irmã.

A emoção de Glória foi compartilhada por Alexandre Guedes Motta, de 28 anos. “Quando apareceu a oportunidade do curso técnico na Restinga, eu agarrei com unhas e dentes. Era a chance que eu tinha para tomar o meu caminho. Eu senti que viver o Moinhos e trabalhar com profissionais de larga experiência era o meu futuro”, celebrou o orador da turma. “A formatura foi um momento ímpar na minha vida”, concluiu.

O misto de sentimentos, no entanto, não estava restrito aos alunos. O corpo docente e a direção da instituição emocionaram-se com a conclusão da 10ª turma do curso. “Escolhemos uma região vulnerável de Porto Alegre para oferecer gratuitamente vagas nos cursos técnicos. Educação transforma. E, dando essa oportunidade, podemos ver uma efetiva transformação social”, destacou o superintendente de Educação, Pesquisa e Responsabilidade Social do hospital, Luciano Hammes.

Festejada pelos alunos, a diretora da Escola Técnica do Hospital Moinhos de Vento, Rosângela Maria da Rosa Vieira, foi a responsável pela seleção e pelo acompanhamento dos alunos ao longo do curso. Foi uma espécie de “ponte” entre o passado e o futuro dos novos técnicos em enfermagem. “Temos a oportunidade, através da formação profissional, de transformar indivíduos e famílias. E, assim, contribuir para a condição e a inserção social de uma comunidade”, enalteceu.

Os 38 novos técnicos em enfermagem se somam aos outros 232 graduados ao longo das dez edições do curso. A formação é inteiramente gratuita, e os alunos recebem, além da bolsa de estudos, transporte, uniforme e material. Ao todo, 270 moradores da Restinga e do Extremo-Sul tiveram suas vidas transformadas pelo projeto Técnico e Pós-Técnico do Hospital Moinhos de Vento.

Exemplo para o Brasil

A metodologia do curso, com duração de 1,6 mil horas, será entregue ao Ministério da Saúde e poderá ser replicada em todo o país. “Estamos compartilhando nossa metodologia de ensino e os nossos currículos para multiplicar com todo o Brasil”, explicou Hammes.

A formação ocorre de acordo com as metodologias de ensino da Escola Técnica do Hospital Moinhos de Vento e visa qualificar a assistência no âmbito do SUS. A intenção é melhorar o atendimento nas instituições de saúde e proporcionar geração de emprego e renda aos egressos.
Curso gratuito já formou mais de 270 técnicos de enfermagem no Rio Grande do Sul
Assista à reportagem sobre o projeto:
GALERIA DE FOTOS

Processando