Voltar

NOTÍCIAS

28.01.2021 - Editado em 10.02.2021 - Compartilhar:
Mais de 500 mil casos regulados e mais de 5 mil teleconsultas: Regula Mais Brasil divulga resultados do triênio 2018-2020

O projeto Regula Mais Brasil, do PROADI-SUS, atua em diferentes regiões brasileiras com um objetivo: aumentar o acesso à saúde de qualidade da população no Sistema Único de Saúde (SUS).

São diferentes atuações, como teleconsultas a pacientes crônicos por vídeo ou telefone e a teleregulação de casos. Esta última diz respeito às filas de espera para consulta com um especialista no SUS. Caso um paciente receba um encaminhamento, o projeto prioriza os casos por gravidade ou apoia a resolução na própria Atenção Primária à Saúde (APS) para também otimizar a fila de espera por atendimento. 

Para isso, uma equipe de especialistas dos Hospitais PROADI-SUS – Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês, em parceria com o Ministério da Saúde –  trabalha apoiando profissionais de saúde do SUS, além do atendimento aos pacientes.

Conheça mais como o projeto funciona aqui e abaixo os resultados da iniciativa durante o triênio 2018-2020:

Atuação em território nacional:

Foram 12.032 teleconsultorias, 5.278 teleconsultas, 529.223 casos de encaminhamentos regulados e uma redução de 96% na fila de espera. As teleconsultas são oferecidas nas regiões de Recife, Porto Alegre, Amazonas e Distrito Federal, dando apoio para que  pacientes crônicos recebam assistência enquanto os hospitais ainda estão sobrecarregados com suspeitos e diagnosticados com a covid-19. 


Recife:

A região contou com 45.459 casos regulados para consultas com cardiologia, endocrinologia, neurologia, ortopedia, reumatologia, saúde mental adulto, saúde mental pediátrica, entre outros. De mais de 40 mil casos aguardando regulação em abril de 2020, a fila de espera caiu para aproximadamente 5 mil casos em dezembro de 2020. Por fim, 2.902 teleconsultas foram realizadas desde abril de 2020.


Distrito Federal:

Já no Distrito Federal, 106.095 casos foram regulados nas especialidades cirurgia vascular, risco cirúrgico, neurologia pediátrica e endocrinologia pediátrica. Além de 1.559 teleconsultorias e 336 teleconsultas


Amazonas:

No Amazonas houve regulação de especialidades como cardiologia, cirurgia vascular, colonoscopia, endocrinologia, pneumologia, ortopedia, gastroenterologia, entre outras, totalizando 167.102 casos regulados, 878 teleconsultas e 972 teleconsultorias na região. 


Belo Horizonte:

É a localidade com o maior número de teleconsultorias realizadas, com 6.871. Além disso, três especialidades médicas receberam regulação: neurologia, reumatologia e urologia, totalizando 86.371 casos regulados.

Porto Alegre:

Por fim, Porto Alegre também teve números expressivos: foram 124.196 casos regulados, 2.630 teleconsultorias e 1.162 teleconsultas.

Mais de 500 mil casos regulados e mais de 5 mil teleconsultas: Regula Mais Brasil divulga resultados do triênio 2018-2020
Processando