Voltar

NOTÍCIAS

22.04.2020 - Editado em 23.04.2020 - Compartilhar:
Hospitais do PROADI-SUS contribuem na elaboração de guias com evidências científicas para diagnóstico e tratamento de pacientes com COVID-19 no SUS
Foram publicados o Protocolo de Manejo Clínico da COVID-19 na Atenção Especializada e Diretrizes para Diagnóstico e Tratamento da COVID-19


O Ministério da Saúde publicou dois documentos que servirão como base para orientar profissionais de saúde do SUS a identificar, notificar e tratar casos de Coronavírus em diversos serviços do Sistema Único de Saúde.

Ambos os materiais contaram com contribuições estratégicas de consultores dos Hospitais PROADI-SUS na revisão e elaboração dos manuais, reforçando o compromisso dos hospitais membros do PROADI-SUS em oferecer o melhor de suas expertises a serviço do Sistema Único de Saúde.

O protocolo

O Protocolo lista as características gerais da infecção por COVID-19, principais sintomas, fatores e grupos de risco, além das principais complicações associadas à doença, e orienta sobre o diagnóstico e tratamento de pacientes com Coronavírus nos serviços de atenção especializada (urgência e emergência hospitalar e não hospitalar).
    
Esse documento contou com a colaboração de consultores do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Hospital Sírio-Libanês, e traz ainda recomendações para visitantes ou acompanhantes de pacientes com Coronavírus em tratamento nos serviços de atenção especializada do SUS, para garantir a segurança e prevenção de infecções entre todos os envolvidos durante a rotina de visitas.
Para acessar o Protocolo, clique aqui.

As Diretrizes

Já o documento de Diretrizes para Diagnóstico e Tratamento da COVID-19 é uma publicação do Ministério da Saúde e equipe de Coordenação de Gestão de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas – CPCDT/CGGTS/DGITIS/SCTIE/MS, e contou com a organização do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e colaboração dos Núcleos de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS) do Hospital Sírio Libanês e do Hospital Moinhos de Vento e apoio da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB).

As recomendações foram elaboradas para ser uma resposta rápida para o enfrentamento da pandemia no Brasil, como explica o Dr. Haliton de Oliveira, Coordenador de Pesquisa do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. “Esse documento completo oferece atualizações sobre a COVID-19 com base em evidências técnicas e científicas, por meio de uma ampla revisão de literatura já disponível sobre a doença. Por ser uma doença nova, o diagnóstico e tratamento de pacientes com COVID-19 pode trazer diversas dúvidas aos profissionais de saúde, que poderão consultar o material para subsidiar suas condutas clínicas no cuidado com os pacientes. Esse é um documento que deverá receber atualizações constantes, levando em conta o ineditismo da situação e a produção de novas evidências” afirma.

Para acessar as Diretrizes, clique aqui.
Hospitais do PROADI-SUS contribuem na elaboração de guias com evidências científicas para diagnóstico e tratamento de pacientes com COVID-19 no SUS
Processando