Voltar

NOTÍCIAS

17.07.2020 - Editado em 20.07.2020 - Compartilhar:
Hospitais integrantes do PROADI-SUS dão apoio à atualização de Protocolo de Manejo Clínico da COVID-19
Confira as atualizações do documento que orienta sobre o manejo clínico de pacientes em todos os níveis de atenção à saúde no SUS

A pandemia da COVID-19 trouxe uma série de desafios para os sistemas de saúde. Por ser uma doença nova, as informações e evidências científicas são dinâmicas e devem ser constantemente atualizadas.

Para orientar profissionais de saúde sobre o manejo clínico de pacientes com a COVID-19, o Ministério da Saúde atualizou o Protocolo de Manejo Clínico da doença, que lista as características gerais da infecção por conta do novo coronavírus, principais sintomas, fatores e grupos de risco, além das principais complicações associadas à doença.  

A versão atualizada do documento, intitulada “Orientações para Manejo de Pacientes com COVID-19” orienta profissionais quanto ao manejo de pacientes suspeitos ou confirmados da COVID-19 e apresenta  fluxogramas clínico-operacionais nos diferentes níveis de atenção (primária, secundária e terciária).

O protocolo foi elaborado pela Secretaria Executiva (SE), Secretaria de Atenção Especializada à Saúde (SAES), Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS), Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (SCTIE) e Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI).

Além disso, o material conta com contribuições estratégicas de consultores do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e do Hospital Israelita Albert Einstein na elaboração e revisão do documento, reforçando o compromisso dos Hospitais PROADI-SUS em oferecer o melhor de suas expertises a serviço do Sistema Único de Saúde.

Atualizações
Em sua nova versão, publicada no final de junho, o documento traz algumas atualizações que consideram apontamentos sobre o tratamento de populações especiais, como explica o Dr. Bruno Tavares, médico infectologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e um dos responsáveis pela revisão técnica do documento. “Essa nova versão contempla diretrizes para tratamento de indígenas, gestantes e crianças, estratégias alternativas para manejo de pacientes graves enquanto aguardam transferência para leito de UTI, e  fluxogramas detalhados para manejo ventilatório de paciente suspeito ou confirmado da COVID-19” destaca.

Para conferir o documento na íntegra, acesse:
https://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2020/June/18/Covid19-Orientac--o--esManejoPacientes.pdf
Hospitais integrantes do PROADI-SUS dão apoio à atualização de Protocolo de Manejo Clínico da COVID-19
Processando