Voltar

NOTÍCIAS

03.09.2020 - Editado em 03.09.2020 - Compartilhar:
Projeto Saúde em Nossas Mãos evita 6.242 casos de infecção hospitalar em UTIs do SUS e salva cerca de 2.200 mil vidas

O projeto Saúde em Nossas Mãos – Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil –  traz uma nova divulgação dos resultados da iniciativa, que atua em 116 UTIs de hospitais públicos e filantrópicos pelo Brasil: de janeiro de 2018 até julho de 2020, foram evitados cerca de 2.200 episódios de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) gerando uma economia de R$ 291 milhões ao SUS.

Em ambientes como UTIs, onde dispositivos invasivos são utilizados com frequência para manutenção da vida, o risco de infecções hospitalares é elevado, o que pode causar complicações nos quadros dos pacientes, colocando suas vidas em risco e consequentemente prolongando o período de internação.

Por isso, o foco do Saúde em Nossas Mãos está nos três principais tipos de IRAS que acometem os pacientes em UTIs: Infecção Primária da Corrente Sanguínea Associada a Cateter Venoso Central (IPCSL), que com o projeto teve diminuição de 46%; Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica (PAV), com queda de 51%, e Infecção do Trato Urinário Associada a Cateter Vesical (ITU-AC), com redução de 68%.


Como funciona o Saúde em Nossas Mãos?

As equipes implementam, junto aos hospitais beneficiados, melhorias de processos de acordo com planos pré-estabelecidos e adaptados à realidade de cada UTI, visando a prevenção das IRAS. O acompanhamento dessas instituições, que antes ocorria periodicamente em Sessões de Aprendizagem Presenciais (SAP), agora é à distância devido à pandemia da COVID-19, mas sempre monitorando um robusto sistema de indicadores que avalia o progresso das ações.

Apoio na pandemia da COVID-19

Com a chegada do novo coronavírus, o projeto voltou esforços para qualificar os profissionais de saúde sobre os processos e melhores práticas para  enfrentar uma rotina ainda mais intensa nas UTIs, prevenindo infecção pelo vírus e, dessa forma, fortalecendo a segurança dos profissionais de saúde e pacientes.

O Saúde em Nossas Mãos – Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil, é realizado de forma colaborativa entre os hospitais participantes do PROADI-SUS – Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento e Hospital Sírio-Libanês – junto ao Ministério da Saúde e o Institute for Healthcare Improvement (IHI).

Projeto Saúde em Nossas Mãos evita 6.242 casos de infecção hospitalar em UTIs do SUS e salva cerca de 2.200 mil vidas
Processando