Voltar

NOTÍCIAS

10.09.2020 - Editado em 10.09.2020 - Compartilhar:
Projeto TeleUTIP reduz em 50% a mortalidade de UTIs pediátricas do SUS
O projeto Qualificação da Assistência em Terapia Intensiva Pediátrica por Telemedicina, o TeleUTIP, apresentou dados preliminares que apontam para uma redução de 50% da mortalidade em Unidades de Terapia Intensiva Pediátricas do Sistema Único de Saúde (SUS). Desde novembro de 2018, o projeto já prestou assistência para cerca de 600 crianças.
 
O Brasil, como um país de dimensões continentais, apresenta vazios assistenciais. Um dos motivos é a carência de médicos especialistas em determinadas regiões do país, como as mais isoladas e longe dos grandes centros. Nesse contexto, para dar suporte aos profissionais de saúde que trabalham em UTIs pediátricas do SUS, o TeleUTIP, executado pelo Hospital Moinhos de Vento por meio do PROADI-SUS, apoia a distância hospitais de Sobral (CE), Palmas (TO) e no Rio de Janeiro (RJ).
 
Como funciona o acompanhamento?
 
Diariamente, uma equipe multiprofissional especializada, que conta com enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos e médicos do Hospital Moinhos de Vento, entra em contato com os hospitais participantes do projeto, e discutem caso a caso os pacientes internados nas UTIs pediátricas.
 
Além da consulta diária, há também o chamado complex cases, que promove a discussão de casos mais complexos, trazendo uma maior troca de conhecimentos e protocolos de tratamento entre a equipe do hospital membro do PROADI-SUS e os profissionais do SUS.
 
Resultados preliminares
 
Em um dos hospitais atendidos pela iniciativa, o Hospital Geral de Palmas (TO), dados preliminares mostram uma redução de cerca de 50% da mortalidade na UTI pediátrica. O resultado se dá em comparação com o período pré-projeto, reforçando ainda mais a importância do compartilhamento do cuidado entre equipes multidisciplinares.
 
Apoio no combate à COVID-19
 
Com a chegada da pandemia da COVID-19, o TeleUTIP aumentou seu escopo de trabalho, levando os atendimentos para três UTIs adultas do SUS. Ao total, são 98 leitos atendidos, em hospitais como Hospital Regional Norte, em Sobral (CE), Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém (PA) e Hospital de Clínicas de Passo Fundo, em Passo Fundo (RS).
Projeto TeleUTIP reduz em 50% a mortalidade de UTIs pediátricas do SUS
Processando