Voltar

NOTÍCIAS

11.09.2020 - Editado em 11.09.2020 - Compartilhar:
Regula Mais Brasil bate a marca de mil teleconsultas

Desde abril, o Regula Mais Brasil, do PROADI-SUS, tem atuado com um escopo ampliado em diferentes regiões do Brasil. As teleconsultas com especialistas foram incorporadas para não deixar os pacientes crônicos desassistidos durante a pandemia do novo coronavírus e, no início de setembro, o projeto chegou à marca de mil teleconsultas realizadas. 

A iniciativa é realizada de forma colaborativa entre os Hospitais PROADI-SUS, e Recife foi a primeira cidade a receber o projeto com teleconsulta e telerregulação. Nos meses seguintes, expandiu com a teleconsulta para o Amazonas, Porto Alegre e Distrito Federal a fim de também dar suporte no atendimento à distância para pacientes em especialidades como ortopedia, reumatologia, cardiologia, endocrinologia, neurologia, entre outras. 

Como funciona?

Por meio de uma videochamada ou telefone, o médico especialista entra em contato direto com o paciente para entender as suas necessidades. Caso seja identificado que uma consulta presencial é recomendável, os teleconsultores direcionam o caso, com todo o cuidado.   

O Regula Mais Brasil, além de levar mais acesso à saúde para os brasileiros por meio dos teleatendimentos, também ajuda a desafogar a fila de espera de consulta com especialistas encaminhada pelos serviços de Atenção Primária à Saúde, já que doentes crônicos recebem assistência enquanto os hospitais ainda estão sobrecarregados com suspeitos e diagnosticados com a covid-19. 

Atuação em outras praças

Com o desafio da pandemia, o time também tem apoiado os médicos do SUS com orientações sobre o novo coronavírus: em todos os estados brasileiros, o Regula Mais Brasil oferece teleconsultoria a médicos e enfermeiros das UBSs. O profissional de saúde pode ligar para 0800 644 6543, opção 0, e falar imediatamente com um médico ou enfermeiro.

Além disso, desde 2018, o Hospital Sírio-Libanês executa a telerregulação no Distrito Federal, Porto Alegre, todo o estado do Amazonas, além de Belo Horizonte. Por uma linha telefônica, a equipe do projeto regula as filas de espera do SUS para consultas com especialistas, dando prioridade aos casos mais graves. 

Regula Mais Brasil bate a marca de mil teleconsultas
Processando